O INEP  /  Equipa
A nossa equipa




Leopoldo Amado, PhD

Director-Geral 
 
Nacionalidade: Guineense
Habilitações Académicas: Doutoramento em História Contemporânea pela Universidade de Lisboa.


DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

 

_______________________________________
 

. Nome: Leopoldo Victor Teixeira Amado 

. Filiação: Mateus Teixeira da Silva Amado e Cipriana Araújo de Almeida Martins Amado. 

. Naturalidade: Guiné-Bissau.

. Data de nascimento: 19 de Junho de 1960.

. Nacionalidade: Guineense/Portuguesa

. Habilitações Académicas: Doutoramento em História Contemporânea pela Universidade de Lisboa.

 
 

HABILITAÇÕES ACADÉMICAS

_______________________________________
 

. 1967– 1971 – Ensino primário na Escola Central de Bolama; 

. 1971 – 73 – Ensino complementar básico do ciclo preparatório em Bissau; 

. 1973 – 1979 – Curso complementar dos liceus;

. 1980 – 00 – Curso dirigido de formação de professores liceais;

. 1881 – 1986 – Licenciatura em História pela Universidade de Lisboa;

. 1987 – 00 – Curso de pós graduação em Relações Internacionais (Estudos Islâmicos, Universidade Internacional de Lisboa);

. 1989 – 91 – Frequentou o Mestrado em Estudos Africanos pelo Instituto de Ciências Políticas e Sociais de Lisboa; 

. 2007-00 – Concluiu Doutoramento em História Contemporânea pela Universidade de Lisboa.

 


ACÇÕES DE FORMAÇÃO


_______________________________________
 

. 1989– 00 – Participou na cidade do Porto num seminário promovido pela Embaixada de Angola sobre “O desenvolvimento da Literatura e das Ciências Sociais nos PALOP"; 

. 1990/00 – Participou em Vila Real, Trás – os – Montes, Portugal, num seminário sobre a metodologia de investigação em Ciências Sociais, promovido pela Universidade de Trás – os – Montes;  

. 1990 – 00 – Promovido pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa da Guiné-Bissau), participou com prelector no Congresso Internacional “Bolama Caminho Longe”:  

. 1990 – 00 – Promovido pelo INEP, participou num seminário sobre “Negociações e Estratégia”; 

. 1990– 00 – Promovido pelo INEP e Universidade “Cheik Anta Diop”, em Dakar, participou num seminário sobre "Metodologia de investigação Histórica em África"; 

. 1991 – 00 – Participou no Instituto de Investigação Científica Tropical de Lisboa num seminário sobre a problemática da investigação social em África; 

. 1991 – 00 – Participou na Universidade “Cheik Anta Diop”, Dakar, num seminário promovido pela CODESRIA, sobre a metodologia de investigação histórica em África; 

. 1992 – 00 – Participou em Bissau numa acção de formação promovida pela SOLIDAMI (extinta plataforma das ONG’s guineenses) sobre a elaboração, gestão e seguimento de Projectos; 

. 1993 – 00 – Participou em Dakar num seminário promovido pela Radda Barnen (organização sueca dos direitos da criança) sobre a Aplicação da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito das Crianças; 

. 1993 – 00 – Participou em Dakar num seminário promovido pelo ENDA TIERS MONDE sobre a Gestão de Projectos de desenvolvimento, abordagem social e avaliação participativa; 

. 1995 – 00 – Participou em Abidjan, Costa do Marfim, numa acção de formação organizada pela Coalition des organisations de la société civil sobre a “Elaboração, gestão e seguimento de Projectos”; 

. 1996– 00 – Participou em Portugal em vários seminários sobre a problemática dos direitos Humanos, promovido pela CIVITAS; 

. 1996b – 00 – Promovido pela UNICEF – BISSAU, participou numa acção de formação dos formadores em matéria de Planificação Estratégica por objectivos e avaliação de Projectos; 

. 1997 – 00 – Participou em Bissau numa acção de formação sobre os Direitos da Criança, promovido pela AMIC (Associação dos amigos da criança) 

. Participou no Workshop sobre a  "A situação das crianças em situação particularmente difícil: crianças de rua, crianças trabalhadoras e crianças desprovidas de meio familiar adequado"; 

. 1997 – 00 – Promovido pela ACÇÃO PENAL INTERNACIONAL, participou em Genebra num seminário sobre "Os fundamentos jurídico-internacionais dos Direitos Humanos"; 

. 1997 – 00 – Participou em Lisboa no Congresso Internacional de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, promovido pelo Comissão para a comemoração dos descobrimentos portugueses; 

. 1998 – 00 – Participou em Lisboa num seminário sobre" A indivisibilidade dos Direitos Humanos”, promovido pela CIVITAS"; 

. 1998 – 00 – Promovido pela Universidade “Cheik Anta Diop” e INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa), participou em Dakar, Senegal, num seminário sobre a metodologia de elaboração histórica em África;

. 1999 – 00 – Promovido pelo Centro de Estudos Africanos do ISCTE, participou numa Conferência de Reflexão sobre o conflito político-militar, na Guiné-Bissau; 

. 2000 – 00 – Promovido pela Câmara Municipal de Belo Horizonte – Brasil, participou no Congresso internacional sobre as literaturas de Língua Portuguesa; 

. 2000 – 00 – A convite da Embaixada de Portugal na Guiné-Bissau e da Fundação "Mário Soares", foi prelector em Bissau (Centro Cultural Português) de uma conferência subordinada ao tema: "A Actualidade do pensamento político de Amílcar Cabral";

. 2003 – 00 – Promovido pela CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa) participou num seminário internacional de historiadores africanos de Língua portuguesa;

. 2004 – 00 – Participou em Durban, (África do Sul) na II Convenção Internacional da World Movement for Democracy;

. 2005 – 00 – Promovido pelo CODESRIA, participou em Bissau numa acção de formação destinada aos doutorandos e mestrandos dos PALOP, com um seminário sobre a metodologia de produção científica em Ciências Sociais em África;

. 2005 - Participou em Istambul (Turquia) na III Convenção da World Movement for Democracy;

. 2006 – 00 – Participou como prelector num seminário organizado pelo Centro de Estudos de História Contemporânea do ISCTE, sob o tema “Colonialismo e guerras coloniais”.

. 2010 – Proferiu uma conferência sobre a historiografia cabo-verdiana na Universidade de Gran Canárias em Las Palmas;

 

 

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL


_______________________________________
 

. 1976 – 1979 – Trabalhou como professor primário em Canchungo e Bissau; 

. 1979 – 00 – Trabalhou como professor do Ensino Básico Complementar na Escola "Justado Vieira”, Guiné-Bissau";

. 1979 – 1980 – Trabalhou, em comissão de serviço, como redactor principal da Revista do Ministério da Educação da Guiné-Bissau; 

. 1980 – 81 – Trabalhou como professor do Liceu Regional de Bafatá, onde desempenhou a função do Presidente do Conselho Técnico; 

. 1986 – 88 – Foi bolseiro de investigação do extinto Instituto de Cultura e Língua Portuguesa (actual Instituto Camões), tendo nessa qualidade produzidos estudos sobre a Literatura Colonial Portuguesa; 

. 1988 – 89 – Trabalhou na Embaixada de Angola em Portugal como assessor do Departamento Cultural, com as funções específicas de redactor principal da Revista “Angolé, Artes & Letras; 

. 1989 – 91 – Trabalhou como investigador permanente do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa da Guiné-Bissau), onde actualmente é investigador associado; 

. 1991 – 00 – Trabalhou como consultor nas pesquisas tendentes ao zoneamento da Guiné-Bissau, pela UICN – União Internacional para a conservação da natureza; 

. 1991 – 00 – Trabalhou como Consultor da USAID no estudo sobre "Mercado de Castanha de Caju” na Guiné-Bissau; 

. 1991 – 93 – Trabalhou como Director Comercial do "Geta-Bissau", na altura a maior empresa privada da Guiné-Bissau; 

. 1994 – Passou a desempenhar as funções de comentador político junto à imprensa guineense e internacional, designadamente junto a Rádio Difusão Nacional, Rádio “Pindjiguiti”, Rádio “Bombolom”, Diário de Bissau, (Guiné-Bissau) “RDP-África” (Portugal), Rádio Renascença Internacional (Portugal), RTP África (Portugal), Voz de América, Rádio das Nações Unidas e BBC;

. 1994 – 96 – Desempenhou na Guiné-Bissau as funções de Director do mensário "Baguera";

. 1994 – 95 – Trabalhou na Guiné-Bissau como consultor da Radda Barnen (ONG sueca) na elaboração do estudo sobre "A situação das crianças fulas, mandingas, balantas e papel";

. 1994 – 96 – Trabalhou como Coordenador de Projectos da AMIC – Associação dos amigos da Criança: associativismo; jardins-de-infância; Infra-estruturas escolares e sociais; monitorização acções comunitárias de desenvolvimento (educação saúde e actividades produtivas); seguimento E avaliação de Projectos.

. 1994 – 96 – Trabalhou como consultor da UNICEF e da Radda Barnen, dirigindo várias acções de formação de formadores em Bissau e no interior do país, em matéria de organização comunitária, gestão participativa e Convenção das Nações Unidas sobre o Direito das Crianças; 

. 1994 – 96 – Trabalhou na Avaliação do Programa trienal da UNICEF-BISSAU;

. 1995 – 97 – Desempenhou as funções de Director da Revista "Tcholoná", única Revista Cultural então existente na Guiné-Bissau;

. 1995 – 97 – Trabalhou como Coordenador de Projectos da Liga Guineense dos Direitos Humanos;

. 1996 – 00 – Trabalhou como consultor da PLAN INTERNATIONAL no âmbito da Planificação Estratégica e Programação do novo ciclo de acções e Projectos dessa ONG internacional; 

. 1996– 00 – Trabalhou em Bordéus e Paris como consultor da Editora Nathan e École International de Bordeaux na elaboração, como co-autor, do livro Anthologie Littéraire de l' Afrique de l' Ouest; 

. 1996 – 00 – Trabalhou como consultor da UNICEF no exercício de Planificação Estratégica por objectivos e Programação do um novo ciclo de acções e Projectos; 

. 1996 – 00 – Trabalhou na Guiné-Bissau como consultor na Planificação Estratégica por objectivos para o FNUAP, onde teve responsabilidades pelo sector "Advocacy/Plaidoyer"; 

. 1996 – 00 – Trabalhou como professor de Literaturas Africanas de expressão portuguesa na Escola Normal Superior “Tchico Té” em Bissau;

. 1997 – 2000 – Desempenhou as funções de Vice-presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos; 

. 1997 – 00 – Produção, realização e apresentação de inúmeros programas radiofónicos de interesse público e pesquisa histórica: Rádio Difusão Nacional da Guiné-Bissau e “Rádio “Pindjiguiti”;

. 1997- 00 - Trabalhou como consultor da Plan International/Bissau na Avaliação do  Programa Nacional “O Sistema de apadrinhamento de crianças da Guiné-Bissau”;

. 1997 – 1998 – Trabalhou como consultor da UNESCO, desempenhando as funções de Investigador do SPHAC (Projecto de Salvaguarda do Património Histórico da África Contemporânea): os casos da luta de libertação da Guiné-Bissau e Cabo Verde, com sede na cidade da Praia, Cabo Verde;

. 1998 – 00 – Trabalhou como consultor da Amnistia Internacional em Moçambique (Maputo, Beira, Nampula, Nacala e Nacala-Porto) e Joanesburgo (África do Sul), na elaboração do relatório de 1998 sobre os direitos Humanos em Moçambique e na África do Sul; 

. 1999 – Após o conflito armado de 1998 na Guiné-Bissau, trabalhou na área de Projectos como consultor contratado da AMIC (Associação dos Amigos da Criança) e da L.G.D.H (Liga Guineense dos Direitos Humanos);

. 1999 – 2001 – Assumiu as funções de Coordenador do Projecto SPHAC da UNESCO (Projecto de Salvaguarda do Património Histórico da África Contemporânea), de que resultou a elaboração do livro “Uma Luta, Um Partido, Dois países”, de Aristides Pereira, ex-Presidente da República de Cabo Verde;

. 2001 – 2005 – Prelector de várias conferências, seminários e colóquios na Guiné-Bissau, Portugal, Brasil, Moçambique, Cabo Verde, Senegal, Guiné-Conakry, Angola, Brasil, Moçambique, Togo, Nigéria, Costa de Marfim e outros países;

. 2003 – b2007 –, Secretário Executivo da Guineáspora – Fórum Mundial de Guineenses na Diáspora.

. 2005 – 2006 – Consultor contratado da CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa) onde realizou um inventário crítico (comentado) do espólio documental, bibliográfico e arquivístico relativo aos 10 anos da organização;

. 2005 – 2006 – Participação na Guiné-Bissau no Exercício de Avaliação do Projecto “Compreender e ajudar as crianças Talibés”, projecto desenvolvido em parceria pela AMIC (Associação dos Amigos da Criança e a PLAN INTERNACIONAL

. . 2008 – Professor convidado de História Contemporânea de África no Curso de verão em Cambrilis, promovido pela Universidade Rovira i Virgili, Tarragona, Espanha;

. 2008 – Arguente principal nas provas de dissertação da tese de mestrado de Antero Monteiro Fernandes, intitulado “Guiné e Cabo Verde: da Unidade à separação”, defendida em Abril de 2008 na Faculdade de Letras da Universidade do Porto;

. 2008 – 2010 – Chefe de Departamento de História da Universidade de Cabo Verde

. 2010 – 2011 – Presidente da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade de Cabo Verde. 

. 2011 – 2012 – Investigador do CES (Centro de Estudos Sociais) da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra;

. 2012 – Arguente principal nas provas de dissertação da tese de doutoramento de Maria Anabela Ferreira da Silveira, intitulado “Dos nacionalismos à guerra de libertação angolanos – 1945/1965”, defendida publicamente em Junho de 2012 na Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

. 2013 – “Quem é o inimigo? Anatomias de guerras revolucionárias: uma análise da Guiné-Bissau "-comunicação apresentado na oficina recentemente organizado pelo CES (centro de estudos sociais, Universidade de Coimbra) quem é o inimigo? Anatomias de guerras revolucionárias", de Janeiro de 2013. 

 

. 2013 – Consultor/Expert para Guiné-Bissau para o novo projecto de avaliação global da democracia (variedades de democracia - V-Dem) do departamento de Ciência Política da Universidade de Gotemburgo e a Kellogg Institute, University of Notre Dame), Janeiro de 2013.

 

 É actualmente:

 
_______________________________________
 

-  Director-Geral do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas 

 

- Investigador Auxiliar do Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto (Portugal);

 

- Desde 2008, investigador de Pós-Doutoramento e docente em História Contemporânea junto ao CES (Centro de Estudos Sociais) da Universidade de Coimbra (em fase final de conclusão).

 


TRABALHOS PUBLICADOS/ACTIVIDADES DE INVESTIGAÇÃO E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIAS



_______________________________________
 

. 1976 – 1981 – Autor de inúmeros artigos na extinta revista do Ministério da Educação Nacional da Guiné-Bissau; 

. 1976 – 1981 – Autor de vários artigos e textos de análise e crítica literária publicados no trissemanário "Nô Pintcha” da Guiné-Bissau; 

. 1981 – 1989 – Autor de vários estudos sobre a comunidade africana em Portugal dispersos em jornais e revistas de especialidade (extinto jornal “África” e Angolê Artes & Letras”); 

. 1986 – Autor da monografia "A Literatura Colonial Portuguesa – 1850 aos nossos dias", apresentada à Faculdade de Letras de Lisboa, Universidade Clássica; 

. 1986 – 1989 – Autor de inúmeros estudos literários publicados na Revista "Ler", Lisboa;

. 1989 – 1991 – Autor de vários estudos publicados sobre a Literatura Colonial Guineense, publicados na Revista “Soronda”, do INEP; 

. 1989 – 1991 – Autor de várias monografias de índole histórico-sociológica sobre a Guiné-Bissau, publicadas na Revista “Soronda” do INEP;

. 1990 – Co-autor do livro Bolama – Caminho Longe, INEP, Bissau, 1990; 

. Auto do estudo “A literatura colonial Guineense”, In: Soranda: Revista de Estudos Guineenses, Nº 9 (Jan. 1990), p. 73- 93, INEP, Bissau;

. 1991 – 1994 – Assíduo articulista do jornal "Baguera", Bissau;

. 1994 – “A escola de Domingas Samy” : entre a expectativa e a esperança”, publicado na Revista Tcholoná”, n. 2-3, p 40-42.

. 1995 – “Negritude no mundo afro-português”, In: Tcholona. - n. 4 (1995), p 4-6, 1995. Bissau;

. 1996 – 1998 – Autor de vários Relatórios da L.G.D.G. (Liga Guineense dos Direitos Humanos) sobre a situação dos Direitos Humanos na Guiné-Bissau e nos PALOP;

. 1996 – Co-autor da Antologie Littéraire de L’Afrique de l' Oest, Nathan, Paris, 1996; 

. 1996 – 2001 – Assíduo articulista do jornal Diário de Bissau;

. 1997 – Co-autor do livro, Bolama, Caminho Longe – Entre a cobiça dos homens e a Esperança, INEP;

. 1989 – 1991 – Assíduo articulista do jornal "Correio de Bissau"; 

. 1989 – 2001 – Autor de inúmeros prefácios de obras literárias alusivas à Guiné-Bissau: “Eco do Pranto”, colectânea de poemas dedicados a criança em “Contos de N`Nori”, de Carlos Edmilson M. Vieira, 2000; e “Stera di Tchur”, de Rui Jorge, 2001; 

. 1991 – 2007 – Colaborador de revistas e jornais publicados em Portugal: “Lusófono” e “África Lusófona”, “Público”, “Diário de Notícias” e Revista Científica Studia Africana (Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto);

. 1998 – Autor do Estudo sobre a situação social das crianças na Guiné-Bissau”, UNICEF, Bissau;

. 2000 – Autor de vários Relatórios Anuais sobre a situação dos Direitos Humanos na Guiné-Bissau;

. 2002 – “Da embriologia nacionalista à guerra de libertação na Guiné-Bissau”, publicada na Revista “Soronda”, INEP, Guiné-Bissau;

. 2003 – “Simbólica de Pindjiguiti na óptica libertária da Guiné-Bissau”, Estudo publicado na Revista “Soronda”, INEP, Guiné-Bissau;

. 2004 – “Guiné: Gadamael, Guidadje e Guiledje”, Estudo publicada na Revista “Soronda”, INEP, Guiné-Bissau;

. 2005 – Co-autor do livro Cabral no cruzamento de épocas – Comunicações e discursos produzidos no II Simpósio Internacional Amílcar Cabral, Fundação Amílcar Cabral, Alfa comunicações, Praia, Cabo Verde, 2005.

. 2006 –  “30 anos de independência da Guiné-Bissau”, Estudo publicado na Revista Africana Studia, Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto, 2006.

. Organizador em 2007 do Simpósio Internacional sobre Guiledje, Bissau, Guiné-Bissau, o qual juntou ex-combatentes do Exército colonial e do Exército de Libertação, para além de intelectuais e estudiosos sobre a temática;

. 2008 – “Génese e evolução do sentido estratégico-táctico do Corredor de Guiledje no contexto da luta de libertação da Guiné-Bissau”, comunicação apresentada ao Simpósio Internacional de Guiledje, Bissau, 1- 8 de Março de 2008.

. 2009 – Organizador, em 2009, do Simpósio Internacional “Cidade Velha e a Cultura Afro-Mundo: o futuro do passado “que reuniu mais de 6 dezenas de especialistas da História do Mundo Atlântico, da Escravatura e da História Moderna de Universidades africanas (Universidade de Cabo Verde incluído), Brasil e Caraíbas, da Madeira e dos Açores, da Grã-Bretanha, da Bélgica e da França.

. 2012 – Autor do livro “Guerra Colonial e Guerra de Libertação Nacional: o caso da Guiné-Bissau”, Edições do IPAD, 2012, Lisboa.

. 2012– Participação em Setembro de 2012, Coimbra, no Colóquio “Arquivos do silêncio: Alianças Secretas da Guerra Colonial”, organizado pelo CES (Centro de Estudos Sociais) da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.

. 2012 – Participação (com comunicação) em 2012, INEP, Bissau, na Conferência Internacional no quadro da iniciativa PAIC-PALOP, 9º FED, União Europeia, intitulada “O Património Cultural comum dos PALOP: História, perspectivas e desafios da sua preservação e divulgação”.

. 2012 – Participação no Colóquio internacional Cabo Verde e Guiné Bissau Percursos do Saber e da Ciência (Lisboa, 21-23 de Junho de 2012), com uma comunicação intitulada “Da Colonização ao pós-colonialismo: para uma nova leitura periodológica da contemporaneidade Histórica da Guiné-Bissau”.

. 2013 – Autor do livro “Guineidade & Africanidade: Estudos, Crónicas, Ensaios e Outros Textos, Edições Vieira da Silva, Lisboa, 2013. 

. “Anatomia de uma bem-sucedida guerra revolucionária: exército português versus PAIGC e o assassinato de Amílcar Cabral”, 2012.

               

 

LÍNGUAS


_______________________________________
 

. Crioulo da Guiné-Bissau e de Cabo-Verde – Fala e escreve Muito Bem; 

. Português – Fala e escreve Muito Bem; 

. Francês – Fala e escreve Bem;

. Inglês – Fala, lê e escreve razoavelmente Bem;

. Espanhol – Fala, lê e escreve razoavelmente Bem

 

 







Avenida dos Combatentes da Liberdade da Pátria
Complexo Escolar 14 de Novembro
CxP: 112 - Bissau (Guiné-Bissau)
Office: info@inep.gw

Horário de funcionamento:
INEP/ secretaria: 08h00 - 16h00 (encerrado Sab/Dom)
Biblioteca: 09h00 - 14h00 de terça a sexta-feira (encerrada Sáb/Dom/Seg.)
Arquivo: 09h00 - 14h00 (encerrado Sáb/Dom)